Advogada, Escritora, Ativista Cultural, Natural de Santo André, Estado de São Paulo. Acadêmica, Cadeira n. 43 - Academia Nacional de Letras Portal do Poeta Brasileiro - ANLPPB www.anastoppa.prosaeverso.net

08
Abr 13

Rabiscos De Melancolia


 

Madrugada despertas o cansaço

De viver a rotina da total deriva

Moldura silenciosa das paredes

Que o coração enlaça feito rede


 

Grosseiros rabiscos melancólicos

Borrões indecifráveis a agonizar

Prendem nas lembranças as horas

Pensamento perdido mundo afora


 

Desafias altiva o sal das lágrimas

Vestes a alma de eterno lamento

Fazes do existir escuro tormento

 


Quisera dotar-te de imensas asas

Para que voasses na cinza imensidão

Levando as dores que o peito abrasa.


 

(Ana Stoppa)

publicado por Ana Stoppa, Escritora Brasileira. às 06:09

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

17
19
20

26
27

28
29
30


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO