Advogada, Escritora, Ativista Cultural, Natural de Santo André, Estado de São Paulo. Acadêmica, Cadeira n. 43 - Academia Nacional de Letras Portal do Poeta Brasileiro - ANLPPB www.anastoppa.prosaeverso.net

21
Out 13

 Alma de Poeta



Fez-se  a angústia na alma do poeta...

 

Quando provou a  ácida dor do existir ingrato.

 

Em silêncio  foram-se os tremas.

 

Viu-se banhado na avalanche de hiatos.

 

Sozinho, solitário, singular, solto...

 

Perdeu-se em  insanos e tolos questionamentos.

 

Em silêncio cerrou o embornal de rimas.

 

Desceu  sem pena  todas as cortinas.

 

No vazio do palco abraçou o nada...

 

Uma vez mais solitário encarou a curta estrada.

 

Fez-se a angústia na alma do poeta...

 

 

 

Ana Stoppa

 

 

 

publicado por Ana Stoppa, Escritora Brasileira. às 03:32
tags: , ,

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO