Advogada, Escritora, Ativista Cultural, Natural de Santo André, Estado de São Paulo. Acadêmica, Cadeira n. 43 - Academia Nacional de Letras Portal do Poeta Brasileiro - ANLPPB www.anastoppa.prosaeverso.net

28
Jun 13




Rafael, O Ursinho Guloso


Conhecido na floresta
Como o grande  comilão
De frutas pingo de  mel
Assim era o urso Rafael
 
Mal amanheciam os dias
Começavma as estripulias
A procura das  colmeias
Distantes das alcateias
 
Mamãe Ursa  advertia
O perigo da comilança
Rafael se tornaria obeso
Aumentaria sua pança
 
O urso nem dava bola
Omitia  compromissos
Vivia longe do esporte
Para ele um sacrifício
 
Rafael foi engordando
De tanto se acomodar
Redondo igual uma bola
Mal podia caminhar
 
Papai urso vendo aquilo
Amoroso disse ao filho
A preguiça causa otédio
Seja como os esquilos
 
 Falava de Pipa e Juca
Dois malhados esquilos
No esporte  antenados
Da gula  bem afastados
 
Esbanjavam a alegria
Na floresta, os mais ágeis
Saltavam como os grilos
Rafael adorou  aquilo
 
Fada Tininha  que via
Decidiu Rafael ajudar
Com sua varinha dourada
Tratou de tudo mudar
 
Sem saber que era magia
O urso acordou disposto
Alongou-se na clareira
Banhou-se na cachoeira
 
Procurou frutos silvestres
Bebeu muita água potável
Fez a longa caminhada
Organizou a morada
 
Disciplina e determinação
Deixaram o urso saudável
Mais que isso,  responsável
De temperamento agradável
 
Gula, tédio e  comodismo
Não gosta  nem de lembrar
Tornou-se um urso exemplo
Esbanja contentamento!



(Ana Stoppa)



publicado por Ana Stoppa, Escritora Brasileira. às 07:58

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO