Advogada, Escritora, Ativista Cultural, Natural de Santo André, Estado de São Paulo. Acadêmica, Cadeira n. 43 - Academia Nacional de Letras Portal do Poeta Brasileiro - ANLPPB www.anastoppa.prosaeverso.net

20
Mai 13

Relance

 

Você me ilumina,

Faz-me   feliz,

Você é minha sina,

Pois, desta maneira

O destino assim quis...

Com você sou criança,

Embora  sofrida,

Volto a crer na esperança

De aguardar o amanhã,

Fazer poesia à Lua,

Cantar a doce ilusão...

Assim  me despertas.

Quando, num breve

Relance,

Meus olhos

Encontram os teus,

Sensação maravilhosa,

Sinto-o assim tão meu...

Na roda viva da vida,

Onde tão pouco se quer,

E quase nada  se tem,

Sou feliz...

Minha vontade

É singela,

O desejo, bem menor...

Nada peço tudo tenho.

Sei da verdade,

Latente em meu ser...

Sei que teu mundo,

É tão diferente,

E em tempo algum

Serás mesmo meu...

O que importa?

Será que importa?

Pois no exato instante,

Impossível, de relance,

Que meus olhos

Encontram os teus,

Sensação maravilhosa,

Sinto-o todo meu!

 

 

Ana Stoppa

publicado por Ana Stoppa, Escritora Brasileira. às 10:29

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
17
18

19
23
24
25

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO